Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Potencial turístico do oeste é discutido em Chapecó

Melhorar a infraestrutura, gestão, planejamento e atendimento, além de integrar o corredor turístico, desenvolver a promoção do turismo regional e atender da melhor forma possível o turista e o público que circula pelas rodovias BR 282 e 153, em 11 municípios que pertencem à coordenadoria regional oeste do Sebrae/SC, com a possibilidade de estender para as demais regiões. Estes foram os desafios na área de turismo discutidos, no último fim de semana, na Acic Chapecó, com a participação de representantes das regiões turísticas e do poder público.

Participaram de forma ativa as instâncias turísticas do Grande Oeste, Vale do Contestado, Vale das Águas e de entidades empresariais da região que compõem a rede de cooperação do Programa de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET) no segmento.

O potencial turístico do oeste foi demonstrado pela consultora credenciada ao Sebrae/SC, Silvia Nowalski, ao apresentar uma pesquisa que avaliou aspectos como gestão, planejamento, estrutura, serviços, promoção e manipulação de alimentos em 23 bares e restaurantes, situados às margens das rodovias 282 e 153. Os dados foram levantados com o objetivo de verificar a situação atual para implementar melhorias nos empreendimentos que estão situados em pontos estratégicos, onde a circulação de pessoas é intensa.

O coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, assinalou que o diagnóstico foi apresentado como uma proposta para melhorar os bares e restaurantes das rodovias da região oeste, iniciando pela 153 e 282. “Propor e desenvolver parceria para atuação neste segmento econômico da cadeia do turismo, desenvolvendo as boas práticas de produção de alimentos, melhorar a gestão e o atendimento. A intervenção é composta por consultorias tecnológicas, oficinas, cursos e consultorias gerenciais, entre outros aspectos. A preparação e fortalecimento deste importante elo da cadeia de valor do turismo para nossa região, fortalece a recepção, divulgação dos produtos e de destinos turísticos e promove a elevação do grau de competitividade do território e o desenvolvimento dos pequenos negócios ”.

O presidente das Águas do Oeste Catarinense Convention & Visitors Bureau, Evandro Novak, assinalou a importância dos poderes públicos e entidades dos municípios localizados próximo às duas rodovias estar envolvidos nas ações para fortalecer o turismo da região. “Se os municípios estiverem inseridos e houver um comprometimento de todos, certamente teremos sucesso e, em breve, conquistaremos os resultados que esperamos”.

O presidente da Associação Empresarial de Quilombo e Região (ACIQ) e presidente do Vale das Águas, Rodrigo Conci, falou das boas expectativas em relação às parcerias para fortalecer o turismo regional e enfatizou os resultados do trabalho desenvolvido por meio do DET, em Quilombo. “Em menos de um ano, evoluímos o que não havia sido feito em cerca de duas décadas. Percebemos que o trabalho funciona e todos estão impressionados com o turismo antes de depois do DET. Sem dúvida foi um dos melhores investimentos feitos e o Vale das Águas é parceiro do Vale do Contestado e do grande oeste nas ações para fortalecer o turismo da região”.

A presidente do Comtur Oeste, Mara Spagnol, e o presidente do Chapecó e Região Convention & Visitors Bureau, Gustavo Gisi, colocaram as entidades à disposição para projetos que visem potencializar o turismo regional.

O secretário de desenvolvimento econômico de Chapecó, Diógenes Lang, valorizou a iniciativa de unir entidades e órgãos públicos para explorar o potencial turístico da região e promover o desenvolvimento do segmento. “Não podemos trabalhar de forma isolada. É fundamental trabalharmos conjuntamente, pois temos grandes atrativos turísticos que podem ser aproveitados. Certamente com o apoio do Sebrae, dos Conventions e das entidades empresariais, as chances de conquistarmos o sucesso são bem maiores”.

DET

A gestora local do DET, Marieli Musskopf, explica que o projeto integra as ações do Programa de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET), em parceria com as prefeituras da região. O foco é dinamizar a economia regional com atendimento aos empreendedores formais e informais, visando contribuir com aproveitamento das potencialidades dos municípios envolvidos e, com isso, obter o desenvolvimento econômico e a transformação da realidade local. Implementado em vários municípios da área de abrangência da coordenadoria regional oeste do Sebrae/SC, o projeto beneficia empreendedores individuais, empresas de pequeno porte, microempresas, potenciais empreendedores, empresários e produtores rurais. Cada município define o foco de atuação.

A rede de cooperação é uma ferramenta do DET que oportuniza a participação em projetos que visam o aumento da competitividade e sustentabilidade dos pequenos negócios, de forma individual ou organizada por segmentos, setores ou cadeias produtivas.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 20/07/2016 às 19:20hs
Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: