Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Paraguai poderá ter aumento de 50% na produção de soja e milho nos próximos anos

O Paraguai, com a ampliação da superfície e, fundamentalmente, pela aplicação de uma maior tecnificação e conhecimento, poderia aumentar em 50% a sua produção de soja e milho nos próximos anos, passando a 15 milhões de toneladas de soja e a 6 milhões de toneladas de milho, como apontou o coordenador geral da Expedição Safra da Revista Gazeta do Povo, Giovanni Ferreira, em uma exposição realizada na Câmara Paraguaia de Exportadores e Comercializadores de Cereais e Oleaginosas (Capeco). Com estes volumes de produção, o Paraguai teria uma margem exportável de 10 milhões de toneladas e 3,5 milhões de milho.

Sonia Tomassone, técnica de comércio exterior da Capeco, expôs que o Paraguai vem crescendo nos últimos anos na produção de soja, milho e trigo. Ela agregou que a oleaginosa, apesar de ter uma expansão importante no comércio exterior como matéria prima, também registrou um aumento importante da industrialização, graças aos investimentos das plantas no processamento inicipiente desse recurso em particular.

A condição de uma redução de praticamente 110 milhões de soja na Argentina e a impossibilidade de seguir expandindo a superfície produtiva em solo norte-americana, geram uma redução internacional do estoque de soja para esta campanha, aspectos que beneficiam o Paraguai, como indicou Ferreira, já que o fato gera uma reação positiva em países que contam com um excedente exportável por conta da melhoria dos preços da soja.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 08/03/2018 às 14:40hs
Fonte: La Nación Paraguai
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: