Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Paraguai mantém área de algodão inalterada, mas produtividade deve ser maior do que nas safras anteriores

O Paraguai plantou cerca de 12.000 hectares de algodão para a presente safra, que se encontra em plena fase de desenvolvimento, como informa o Última Hora. Este total, de acordo com o vice-ministro de Agricultura, Mario León, corresponde à mesma área da safra anterior.

León conta que este fator se deve a uma quantidade limitada de sementes que foi distribuída pelo ministério, pela Câmara Algodoeira do Paraguai (Cadelpa) e por outras organizações. Cerca de 5.500 produtores foram responsáveis pelo plantio, que se deu nas localidades de San Pedro, Itapúa e Caaguazú.

O fator positivo, como visualiza o vice-ministro, é que o desenvolvimento das plantas vem sendo bom e que o clima vem contribuindo para essa movimentação. Assim, acredita-se que os resultados devem ser melhores do que nos anos anteriores, apesar de se tratar da mesma área de plantio. A colheita terá início em fevereiro.

Em conjunto com o Instituto Paraguaio de Tecnologia Agrária (IPTA), a Federação Nacional Campesina (FNC) e institutos estrangeiros estão desenvolvendo ações para multiplicar a quantidade de sementes disponíveis, de olho na próxima safra.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 10/01/2018 às 14:40hs
Fonte: Última Hora
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: