Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Oscilação climática favorece pragas no Rio Grande do Sul Incidência da lagarta do cartucho está alta nas lavouras de milho

De acordo com a Emater, é atípica a alta incidência de lagartas nas lavouras, como a do cartucho (Spodoptera frugiperda) e a lagarta rosca (Agrotis ípsilon), que têm preocupado os agricultores.

Essa situação gera a necessidade de dessecação e replantio de algumas áreas devido ao baixo stand de plantas por unidade de área, assim como um número elevado de aplicações de inseticidas, com muitos produtores chegando à terceira aplicação sem um efetivo controle. Híbridos com tecnologia BT (resistentes a essas pragas) também têm apresentado frequentes e intensos danos. Nas lavouras de milho mais adiantadas, seguem os trabalhos de adubação em cobertura e de utilização de herbicidas quando as plantas atingem o estágio ideal.

Nas regiões produtoras do Estado, prossegue o desenvolvimento das culturas de inverno, que apresentam distintas fases. As lavouras de trigo, por exemplo, nesta semana apresentam 18% em perfilhamento, 30% em floração, 48% em formação de grão e 4% em maturação para a colheita. Tais percentuais se aproximam da média.

Segundo avaliação de técnicos e produtores, o potencial produtivo das lavouras de trigo varia a partir da época de semeadura (semeadura do cedo com baixo stand e baixa estatura), nível de fertilização (lavouras com menor quantidade de adubo e com perdas pelas intensas chuvas no início do estabelecimento da cultura apresentam baixo potencial), e incidência e controle de doenças, com maior infestação de patógenos devido à grande oscilação de temperatura e umidade, propiciando a propagação de doenças e o aumento no número de solicitações acionando o Proagro.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 04/10/2017 às 18:00hs
Fonte: Jornal do Comércio
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: