Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Nutron traz para o Brasil experiência de granjas europeias que produzem mais de 40 leitões fêmeas por ano

No Brasil, um país de proporções continentais, vários são os modelos de produção de suínos nas mais diversas regiões, ocasionando um grande desafio na padronização de conceitos, manejos e resultados. A produção de leitões desmamados está entre uma das atividades mais técnicas e especializadas e é responsável pelo futuro da produção de suínos da granja, além de estar diretamente ligada a rentabilidade do produtor.

Com esse mote, o Líder Global de Tecnologia de Suínos da Cargill Nutrição Animal, Marc Decoux, será um dos palestrantes do X Simpósio Brasil Sul de Suinocultura. No dia 1 de agosto, às 14h, ele apresentará como os suinocultores brasileiros podem produzir 40 leitões/porcas por ano, seguindo o modelo europeu.

O especialista irá conceder um panorama aos participantes com diversos aspectos da produção de suínos, como evolução da cadeia, perspectivas de melhoramento genético, sistemas de produção e planejamento, manejo reprodutivo e nutricional, biosseguridade, ambiência e bem-estar animal, entre outros temas.

“Esse evento reúne importantes suinocultores do sul do País e a Cargill Nutrição Animal possui expertise para assessorar e conceder o melhor diagnóstico para a produção de suínos. Será uma ótima oportunidade para orientarmos e instruímos os produtores que desejam implementar tecnologias eficientes e que garantem ótimos resultados”, aponta Decoux.

O Simpósio Brasil Sul de Suinocultura acontece em Chapecó-SC, entre os dias 1 e 3 de agosto e, neste ano, comemora 10 anos de foco no conhecimento. O evento reúne a cada ano mais de 1.500 participantes e 70 empresas apoiadoras, um encontro técnico que cresce em oportunidade de negócios. Essa edição contará com 15 palestras técnicas.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 06/07/2017 às 07:40hs
Fonte: Nutron
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: