Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Mudanças no Zoneamento Agrícola de Risco Climático deixam cálculos mais realistas e beneficiam produtor

O MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) publicará, em junho, portarias com mudanças no ZARC (Zoneamento Agrícola de Risco Climático), que beneficiarão produtores de soja, milho e cana-de-açúcar para a safra 2017/2018, com períodos de semeadura indicados de acordo com o nível de risco, alterado para 20%, 30% e 40%, conforme a nova metodologia do ZARC. As modificações foram discutidas em workshop promovido pela Embrapa Informática Agropecuária, em Brasília.

Para o analista de agronegócios da FAEMG, Caio Coimbra, que participou do evento, as mudanças são benéficas aos produtores rurais: “Com esta nova metodologia de risco, os cálculos se aproximam mais da realidade de cada região, o que traz mais segurança ao produtor que fizer o plantio dentro das estatísticas do zoneamento, pois as chances de perdas são minimizadas”. Segundo Caio, para a segurança do produtor, é preciso atenção para fazer o cultivo de acordo com as regras do ZARC de sua região, pois esta é uma das condições para ser ressarcido pelo seguro rural, caso haja perdas nas lavouras.

A informatização do banco de dados para a elaboração do ZARC também foi anunciada no workshop da Embrapa Informática. O procedimento deixará o ZARC mais assertivo, pois utilizará informações do CAR (Cadastro Ambiental Rural) e SISAGRO (Sistema Agropecuário). O evento também apontou que as regiões Norte e Nordeste do Brasil necessitam de melhora no zoneamento agrícola, para que sejam incluídos novos municípios e cultivares.

O ZARC

O Zoneamento Agrícola de Risco Climático é um instrumento para auxiliar a gestão de riscos na agricultura. O objetivo é minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos adversos, possibilitando ao produtor identificar o melhor período de semeadura das lavouras, nos diferentes tipos de solo e ciclos de cultivares.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 03/03/2017 às 19:20hs
Fonte: Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais - FAEMG
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: