Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Mesmo com chuva, supersafra de soja é confirmada e deve "socorrer" a economia de Mato Grosso como projetado por Taques

O que na opinião do Poder Executivo mato-grossense pode "socorrer" a economia do Estado, uma vez que se confirmado o volume projetado o governo poderá arrecadar mais com ICMS.

Mato Grosso está na reta final da colheita de soja 2016/2017 e nova projeção de produção do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta uma produção de 31,044 milhões de toneladas. O volume ao se comparar com a perspectiva divulgada no final de 2016 é 575 mil toneladas a mais que as 30,469 milhões de toneladas estimadas. Em relação à safra 2015/2016 verifica-se 11,6% de aumento ante as 27,811 milhões de toneladas colhidas.

Em dezembro do ano passado, o governador Pedro Taques avaliou que um saldo positivo na produção agrícola fará com que o governo arrecade mais ICMS. Conforme o chefe do Poder Executivo, com uma "supersafra" de grãos se teria mais dinheiro para fazer investimentos e regularizar o duodécimo, que deve ser repassado aos poderes e que hoje está atrasado.

Conforme o Imea, na nova estimativa de safra 2016/2017 de soja, divulgada nesta segunda-feira, 13 de março, a área de 9,39 milhões de hectares foi mantida ante a projeção anterior e ante o ciclo passado houve um leve incremento de aproximadamente 85 mil hectares.

O Instituto revela ainda que nesta temporada, devido ao excesso de chuva, uma área de 37.483 mil hectares chegou a ser abandonada em Mato Grosso. Contudo, apesar do excesso de chuva em algumas regiões, como a Oeste, onde lavouras em Campo Novo dos Parecis, por exemplo, chegaram a ficar embaixo d'água, a produtividade ficou acima do esperado atingindo 55,06 sacas por hectare, o que contribuiu para o crescimento da produção.

Inicialmente espetava-se uma produtividade, recorde inclusive, de 54 sacas por hectare, entretanto as novas projeções apontam para 55,06 sacas por hectare de soja plantada. Ao se comparar com o ciclo anterior há um incremento de 10,6% ante as 49,8 sacas por hectare colhida.

"Com esta alteração, a produção da safra subiu para 31,04 milhões de toneladas, aumentando ainda mais a expectativa de safra cheia em 2017", destaca o Imea.

Contrário ao Imea

Ao contrário do Imea, a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), apontou em seu último relatório de projeção de safra, divulgado na última semana, para a soja um decréscimo no comparativo com a perspectiva divulgada no mês de fevereiro. O recuo apontado pela Companhia foi de 30,341 milhões para 29,952 milhões de toneladas. Contudo, ao se comparar com o ciclo passado o incremento previsto é de 15,1% ante as 26,030 milhões de toneladas colhidas na ocasião.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 20/03/2017 às 19:40hs
Fonte: Agro Olhar
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: