Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Mercados acionários chineses caem mas expectativa de reforma compensa pressão por Coreia do Norte

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,19 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,05 por cento.

As empresas chinesas controladas pelo governo central tiveram forte alta, em meio a expectativas contínuas de que Pequim intensificará os esforços para reestruturar suas empresas estatais muitas vezes ineficientes.

O índice das principais empresas listadas em Xangai com expectativas de reformas subiu 0,5 por cento, para o nível mais alto desde o início de 2016. Neste ano o índice acumula alta de mais de 12 por cento.

No entanto, o apetite dos investidores foi contido por preocupações geopolíticas após o maior teste nuclear da Coreia do Norte no domingo e pelas notícias de que o país está preparando mais lançamentos de mísseis.

Pyongyang está pronta para enviar "mais pacotes de presentes" aos Estados Unidos, disse um dos principais diplomatas do país na terça-feira.

Os poucos sinais de que a tensão na península coreana está diminuindo pressionaram o restante da região, e o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,44 por cento às 7:38 (horário de Brasília).

"Os riscos que emanam da península coreana têm um impacto amplo, especialmente no leste asiático, mas depois de alguns dias os efeitos começam a diminuir em outras regiões, como as dos mercados emergentes", disse o economista sênior de mercado da SMBC Nikko Securities Kota Hirayama.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,14 por cento, a 19.357 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,46 por cento, a 27.613 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,05 por cento, a 3.385 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,19 por cento, a 3.849 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,29 por cento, a 2.319 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,66 por cento, a 10.547 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,58 por cento, a 3.232 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,29 por cento, a 5.689 pontos.
Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 06/09/2017 às 10:20hs
Fonte: Reuters
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: