Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Lucro da Ouro Fino quase triplicou no segundo trimestre

Impulsionado pela revisão da política de descontos aos clientes, pela retirada de produtos menos rentáveis do portfólio e pela diminuição dos estoques nos canais de vendas no país, o lucro líquido da Ouro Fino Saúde Animal, maior indústria veterinária de capital nacional, quase triplicou no segundo trimestre deste ano.

Conforme balanço financeiro divulgado pela companhia, o lucro líquido entre abril e junho totalizou R$ 13,039 milhões. No mesmo período do ano passado, a empresa sediada em Cravinhos, no interior de São Paulo, havia lucrado R$ 4,426 milhões.

No segundo trimestre, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) totalizou R$ 29,4 milhões, incremento de 60,7% ante os R$ 18,3 milhões do mesmo intervalo do ano passado. Com isso, a margem Ebitda da empresa aumentou 7,7 pontos percentuais, de 13,6% para 21,3%.

Na mensagem que acompanha o balanço, o presidente da Ouro Fino, Jardel Massari, comemorou a retomada dos “níveis históricos” de rentabilidade da empresa.

Devido à redução do portfólio, as vendas da companhia cresceram apenas 2,5% no segundo trimestre. No período, a receita líquida da Ouro Fino totalizou R$ 137,9 milhões, pouco mais do que os 134,6 milhões registrados no segundo trimestre do ano passado.

No segmento de medicamentos para animais de produção, a receita líquida da Ouro Fino aumentou 0,7%, para R$ 106,5 milhões. De acordo com a companhia, os melhores preços das vacinas contra a febre aftosa compensaram parcialmente a queda das vendas de produtos para aves que foram descontinuados devido à baixa rentabilidade.

No caso do segmento de animais de companhia, a receita líquida da Ouro Fino caiu. No segundo trimestre, as vendas desse segmento renderam R$ 14,4 milhões, redução de 18,2% na comparação anual.

De acordo com a empresa, essa queda reflete a decisão de “racionalizar” os estoques em regiões como o Rio de Janeiro. A crise econômica do país afeta mais as vendas de produtos para animais de companhia (cães e gatos) do que para animais de produção (bovinos, aves e suínos).

Na área financeira, a Ouro Fino reportou uma dívida líquida de R$ 215,4 milhões em 30 de junho, diminuição de 18,6% na comparação com os R$ 264,6 milhões do fim de 2016. O índice de alavancagem (relação entre dívida líquida e Ebitda em doze meses) da Ouro Fino chegou a 4,24 vezes, abaixo das 5,96 vezes reportadas em 31 de dezembro do ano passado.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 14/08/2017 às 07:40hs
Fonte: Avisite
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: