Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Lavoura de milho do EUA tem condições excelentes

Com 100% das áreas semeadas de milho, apenas 4% das lavouras encontram-se em condições ruins a péssimas. Sendo que 77% estão entre boas a excelentes. Na safra passada esses números eram 8% e 67%. Ou seja, no mesmo período de 2017, as condições das lavouras eram piores do que as de hoje.

O mesmo vem ocorrendo com a soja, que ainda está em fase de plantio. Suas condições nas lavouras são excepcionais, basta ver que 74% das lavouras encontram-se de boas a excelentes, onde em 2017 esse percentual era de 66%.

Trigo norte-americano

O grande problema neste ano está sendo com as lavouras de trigo de inverno nos Estados Unidos. Nas principais regiões produtoras, os volumes de chuva não foram expressivos durante o ciclo da cultura e até houve registros de estresse hídrico. Por conta disso, o trigo de inverno em 2018 apresenta um percentual mais elevado de lavouras em condições ruins e péssimas quando comparado a safra passada.

Nesta safra, 35% das lavouras estão com condições ruins, enquanto em 2017 o percentual era de 16%. Até essa semana, apenas 15% das lavouras haviam sido colhidas, percentual muito semelhante a safra passada. A tendência é que a produçãode trigo de inverno seja realmente menor esse ano.

No entanto, para o trigo de primavera as condições são inversas. Os bons volumes de chuva estão permitindo que as lavouras encontrem condições muito boas ao desenvolvimento e com isso, apenas 3% das lavouras estão em condições ruins, enquanto em 2017 esse percentual era de 20%. É importante lembrar que o cultivo de trigo de primavera é bem menor do que o de inverno, por isso a quebra na produção de trigo de inverno é tão ruim para o cenário mundial.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 14/06/2018 às 11:40hs
Fonte: Climatempo
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: