Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

JBS compra cinco fábricas de carnes nos EUA por R$ 750 milhões

A gigante dos alimentos JBS anunciou na noite da última segunda-feira, 13, a aquisição das operações norte-americanas da Plumrose, em um negócio de US$ 230 milhões. A operação, que inclui cinco fábricas nos Estados de Iowa, Mississippi e Vermont, além de dois centros de distribuição, tem faturamento anual de US$ 500 milhões, segundo fato relevante divulgado pela empresa.

Com presença no varejo dos Estados Unidos - em especial com presunto, bacon e carnes enlatadas -, a Plumrose era uma subsidiária da dinamarquesa Danish Crown, que repassou 100% do negócio ao grupo brasileiro. Desde 2016, quando trocou de comando, a Danish teria decidido se concentrar na Europa, seu principal mercado.

Para a JBS, a Plumrose é uma oportunidade de ampliar a rentabilidade com o ganho de capacidade de processamento das matérias-primas e de relação direta com o consumidor. Nos Estados Unidos, a companhia ganha três marcas: a própria Plumrose, DAK e Danola. Embora tenha participação minoritária, a Plumrose é uma marca tradicional e existe há 80 anos.

Para se aproximar do varejo, a JBS adquiriu as operações da Seara no Brasil - que antes pertenciam à concorrente Marfrig - em 2013. Depois disso, vieram outros negócios, como a aquisição da Primo (na Austrália), da Tyson Foods (no México) e da operação de suínos da Cargill. Todos esses negócios, explicou uma fonte, deram à JBS capacidade de processamento visando os mercados de food service (fornecimento a restaurantes e cadeias de fast-food) e o varejo.

Embora já tenha sido aprovada pelos conselhos de administração da Danish Crown e da JBS, a conclusão da operação está condicionada à aprovação de órgãos reguladores americanos. O banco Barclays atuou como consultor financeiro e o escritório Squire Patton Boggs foi o assessor legal do acordo, informou a JBS.

A Plumrose também tem operações na América Latina, sendo especialmente forte na Venezuela, mas o negócio entre JBS e Danish não incluiu essa divisão, que vem apresentando prejuízos nos últimos anos.

Resultado

O grupo de alimentos divulgou nesta segunda-feira também os resultados para o fechamento do ano de 2016. Entre outubro e dezembro do ano passado, a empresa teve lucro líquido de R$ 693,9 milhões, revertendo um prejuízo de R$ 275,1 milhões registrado no mesmo período do ano anterior. Em todo o ano de 2016, a JBS reportou lucro de R$ 376 milhões, contra os ganhos de R$ 4,64 bilhões de 2015 - uma queda de quase 92%.

A companhia informou que o ano passado foi marcado pela consolidação de suas aquisições feitas nos últimos anos. A receita de 2016 passou da marca de R$ 170 bilhões, alta de 4,6% em relação ao ano anterior. No quarto trimestre, 72% das vendas da JBS se concentraram nos mercados onde a empresa está presente, enquanto 28% vieram de exportações.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 20/03/2017 às 12:20hs
Fonte: Estadão Conteúdo
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: