Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Investimento global em energia limpa saltou 40% no terceiro trimestre de 2017, aponta BNEF

De acordo com o levantamento, o investimento global em energia limpa entre julho e setembro deste ano chegou a US$ 66,9 bilhões, acima dos US$ 64,9 bilhões verificados no segundo trimestre deste ano e dos US$ 47,8 bilhões no terceiro trimestre do ano passado. A perspectiva é que, ao final do ano, o montante fique próximo ou pouco acima do valor de 2016, de US$ 287,5 bilhões.

O estudo mostra que sete projetos eólicos nos EUA, México, Reino Unido, Alemanha, China e Austrália, cada um custando entre US$ 600 milhões e US$ 4,5 bilhões, ajudaram o investimento global no terceiro trimestre deste ano a saltar 40% em relação ao mesmo período do ano anterior. Apenas a American Electric Power investiu US$ 4,5 bilhões no projeto de Wind Catcher de 2 GW em Oklahoma (EUA). Com conclusão prevista até 2020, o projeto terá 800 turbinas e uma linha de alta tensão de 350 milhas. Já a Dong Energy decidiu prosseguir com o parque eólico Hornsea 2 de 1,4 GW, no Reino Unido, em um valor estimado de US$ 3 bilhões até a conclusão, em 2023.

Dois parques eólicos chineses offshore (Guohua Dongtai e Zhoushan Putuo), que totalizaram 552 MW e cerca de US$ 2,1 bilhões, também contribuíram para o investimento global, bem como o parque eólico Zuma Reynosa III no México, com 424 MW e US$ 657 milhões, e o projeto eólico on-shore Coopers Gap, de 450 MW, na Austrália, avaliado em US$ 631 milhões. Os mercado que mais investiram no trimestre foram a China, com US$ 23,8 bilhões (queda de 8% em relação ao 2º trimestre de 2017); os EUA, com US$ 14,8 bilhões (aumento de 8% em relação ao trimestre anterior) e a Europa, com US$ 11,6 bilhões (aumento de 45% em relação ao trimestre anterior).

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 10/10/2017 às 18:10hs
Fonte: CanalEnergia
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: