Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Intelbras oferece portfólio de soluções para prevenir problemas e contribuir na gestão de pequenas, médias e grandes propriedades rurais

Produtos contribuem com a gestão do negócio, graças às tecnologias disponíveis, prevenindo prejuízos e controlando as diversas etapas do processo produtivo, desde a produção até a distribuição

São Paulo, junho de 2016 - O setor agrícola é um dos principais motores da economia brasileira e desempenha um papel significativo no País. Atualmente, o Brasil é, reconhecidamente, uma potência mundial do agronegócio, sendo que a área já responde por 23% do PIB e por 41% das exportações totais do país.

Como uma das principais do mundo, a indústria agrícola brasileira detém rigorosas certificações, graças ao controle da gestão e qualidade de sua produção. Ao mesmo tempo, investimentos em inovação e as novas tecnologias disponíveis nas áreas de segurança, redes e telecom têm sido determinantes para ajudar o setor a superar diversas dificuldades, como, por exemplo, a invasão de indivíduos sem nenhum tipo de descontaminação ou proteção em locais específicos (risco que pode contaminar aves matrizes, gerando consequências para o todo o rebanho, já que viola o sistema de biosseguridade.)

Para contribuir com a expansão do segmento, a Intelbras, companhia 100% nacional e desenvolvedora de equipamentos de segurança, Redes e Telecom, disponibiliza uma série de produtos que visam resolver as dificuldades e os problemas de pequenas, médias e grandes propriedades rurais, os quais são destinados aos usuários empresarial e residencial que vivem no campo.

Próprias para serem instaladas em condições rurais, considerando clima, intempéries e áreas isoladas, as soluções são as mais distintas e visam suprir os problemas enfrentados no dia a dia pelos produtores. Celulares rurais, radiocomunicadores e repetidores de sinal, por exemplo, não só resolvem problemas cotidianos, como a baixa qualidade do sinal de operadoras, bem como soluciona importantes questões, como a falta de cabeamento dessas regiões.

A empresa também disponibiliza sistema de CFTV IP que permite gravar imagens com acesso à distância. Solução indispensável às médias propriedades rurais, o monitoramento ajuda na supervisão de áreas restritas, além de manter escritórios e áreas de produção sempre interligados.

Além disso, para fornecer total controle e acesso às imagens em regiões onde o monitoramento IP não é viável, a Intelbras ainda oferece soluções em CFTV analógico. Através da tecnologia HDCVI, os produtores também podem fazer o acompanhamento das atividades com qualidade e segurança.

Um grande problema enfrentado pelo segmento agro e muito recorrente em zonas isoladas é a ausência de provedores de internet. Para suprir essa demanda, a Intelbras também oferece soluções inteligentes, como Rádios Outdoor, ferramenta capaz de realizar links ponto-a-ponto entre longas distâncias e trazer conectividade para propriedades afastadas.

Restrição de acesso a áreas altamente controladas que necessitam de autorização e identificação; produtos para prevenção e controle de incêndios, que podem evitar prejuízos sociais e ambientais e a perda completa da produção também incrementam as alternativas oferecidas pela Intelbras ao produtor rural, que ainda tem à disposição monitoramento de placas veiculares para Controle de Fronteiras (que rastreiam o itinerário de frotas e o transporte de produtos e manufaturas, primordial para o escoamento da produção da indústria) e centrais de grande porte que permitem comunicação entre zonas de produção e escritórios presentes dentro e fora do país.

"Por ser uma companhia 100% nacional e por estar no dia a dia do agronegócio, a Intelbras conhece profundamente os problemas enfrentados pelo produtor. Por vivenciar este cotidiano, a gama de soluções destinada à área rural visa prevenir situações de risco ao negócio, viabilizar e facilitar a comunicação e conectividade e ainda monitorar toda a cadeia de negócio, auxiliando desde o pequeno até grandes empresas do segmento" explica Rui Otte, Gerente Geral de Verticais da Intelbras.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 28/06/2016 às 07:00hs
Fonte: Intelbras
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: