Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Importações de lácteos aumentaram em abril e maio

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o país importou 32,5% a mais em volume que em março último. Os embarques totalizaram 11,9 mil toneladas.

Os gastos cresceram na mesma proporção, 31,9%, somando US$38,42 milhões.

O principal produto importado foi o leite em pó totalizando 7,7 mil toneladas e US$23,01 milhões.

Mesmo com a valorização do dólar em relação ao real, o aumento no volume adquirido pode ser explicado devido a menor disponibilidade de leite no mercado interno, devido ao período de entressafra.

Apesar do aumento na comparação mensal, no acumulado do quadrimestre o país importou 38,2% a menos em volume e teve gastos 38,5% menores com as importações de lácteos que igual período do ano passado.

Em maio, a média diária foi de US$2,17 milhões em gastos com as importações de lácteos, frente aos US$2,81 milhões por dia em maio de 2017, ou seja, uma queda de 22,9% na comparação anual. Na comparação mensal, porém, a média diária em maio aumentou 13,3%.

Com relação as exportações, estas reduziram em abril em faturamento na comparação mês a mês, totalizando US$3,56 milhões frente os US$6,33 milhões em março.

O volume, em igual comparação, teve recuo de 39,7%, fechando em 1,34 mil toneladas.

No acumulado de janeiro a abril de 2018, volume e o faturamento reduziram 42,6% e 45,1%, respectivamente, em relação a igual período de 2017.

Em decorrência do forte aumento das importações, a balança comercial brasileira de lácteos fechou abril com déficit de US$34,85 milhões.

Na comparação com igual período do ano passado, o déficit diminuiu 17,0%.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 04/06/2018 às 18:20hs
Fonte: Scot Consultoria
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: