Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Importação de químicos agro sobe 13% em 2017

O Brasil importou US$ 10,835 bilhões (FOB, Free On Board – contrato de exportação com custos de transporte interno incluso até o carregamento do navio) de produtos químicos para o agronegócio no ano passado, incluindo fertilizantes, seus intermediários e defensivos agrícolas. Os dados foram divulgados pela Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química), com base em informações do MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços).

Houve aumento de 13% do montante adquirido pelo País no exterior na comparação com os US$ 9,592 bilhões registrados no mesmo levantamento realizado no ano de 2016. Os dados constam no Relatório de Estatísticas de Comércio Exterior (RECE), conforme dados do Sistema Alice (Análise das Informações de Comércio Exterior), mantido pela Secex (Secretaria de Comércio Exterior).

Os fertilizantes e intermediários seguem liderando a pauta de importação brasileira de produtos químicos. O País comprou US$ 7.460 bilhões acumulados entre janeiro e dezembro de 2017, o que representa um expressivo aumento de 21,2% na comparação com os doze meses do ano imediatamente anterior, quando haviam sido adquiridos US$ 6.156 bilhões.

Já nos defensivos agrícolas (entre princípios ativos e produtos formulados) houve uma leve redução: o Brasil importou US$ 3.375 milhões neste mesmo período analisado. Esse acumulado significa decréscimo de 1,8% sobre os US$ 3.436 milhões comprados no exterior de janeiro a dezembro de 2016. Essa queda, porém, foi muito menor que a registrada no primeiro semestre de 2017 (15,5%), mostrando que esse segmento voltou a aquecer nos seis últimos meses do ano.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 01/02/2018 às 17:20hs
Fonte: Agrolink
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: