Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Forseed é a nova marca comercial da Longping High-Tech

Visando sua expansão para América Latina, além da nova marca comercial, LP Sementes passa a adotar seu nome global Longping High-Tech também no Brasil

A Longping High-Tech apresentou nesta terça-feira (29/05) sua nova marca comercial global que abrigará o portfólio de híbridos de milho que eram comercializados com a marca Dow Sementes até 1o de dezembro de 2017. A Forseed já nasce com doze produtos em catálogo, sendo cinco lançamentos já realizados ao longo de 2018 e sete híbridos que já faziam parte de seu portfólio. Desta forma, a Longping High-Tech passa a contar com duas marcas comerciais globais: Forseed e Morgan. Além da presença imediata da nova marca no Brasil, a Longping High-Tech planeja iniciar em breve a expansão das marcas para América Latina.

“A Forseed será uma marca global de milho mas, futuramente, será utilizada para as mais diferentes plataformas de sementes que a empresa vier a operar. A Longping High-Tech está atenta a novas possibilidades de aquisições também em outras culturas”, afirma do Diretor-Geral América Latina da companhia, Mozart Fogaça Junior.

Forseed tem a missão de levar aos agricultores brasileiros produtos de alta tecnologia que sejam capazes de responder às especificidades de cada microclima, tipo de solo, época de plantio e pressão de pragas e doenças entregando mais produtividade com estabilidade de produção. “A Forseed está pronta para levar ao agricultor as sementes mais adequadas a sua realidade, antecipando necessidades e antevendo as tendências do mercado. Desta forma, ajudamos o agricultor a produzir melhor com menos riscos”, explica Aldenir Sgarbossa, Líder de Marketing da Longping High-Tech no Brasil.

Novo nome corporativo

A partir desta semana, o nome corporativo Longping High-Tech passa a ser adotado pela empresa também no Brasil, assim como já acontece nos Estados Unidos e em toda a Ásia, inclusive na China. O nome LP Sementes deixa de existir.

Como Longping High-Tech, maior empresa de sementes da China, a empresa reforça no Brasil seu alinhamento global e marca o final de um ciclo de transição. “A agricultura é global e, adotando o nome Longping High-tech também no Brasil, nos preparamos para o avanço internacional da empresa”, explica Mozart Fogaça Júnior.

O plano de internacionalização da empresa envolve a integração dos bancos de germoplasma que a Longping High-tech possui na Ásia, Estados Unidos e Brasil, o que amplia a capacidade da companhia de desenvolver novos híbridos para atender às necessidades da agricultura brasileira e mundial.

Com a mudança, a Longping High-Tech também passa a adotar a assinatura CITIC Group, maior conglomerado econômico da China, principal controlador da Longping High-Tec e instituidor do CITIC AgriFund, fundo criado para investimentos em agronegócios que adquiriou os ativos da Dow AgroSciences no Brasil.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 04/06/2018 às 07:20hs
Fonte: OPA Assessoria em Comunicação
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: