Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

FMC reúne especialistas e produtores para discutir o mercado de Eucalipto no Brasil

Entre os dias 5 e 6 de Outubro, a FMC Agricultural Solutions promoveu um evento, em Indaiatuba-SP, com o intuito de apresentar a atual situação do mercado de florestas e, em especial, a de eucalipto no Brasil. Os especialistas e produtores presentes tiveram a oportunidade de assistir a palestra sobre as principais pragas que incidem na planta, ministrada pelo professor doutor da ESALQ, Carlos Wilcken. “Atualmente são identificadas de 10 a 11 pragas no eucalipto, como Cupins (que atinge até os cinco e seis meses da planta), Psilídeo de concha (um a dois anos), Insetos desfolhadores (dois a quatro anos), Percevejo bronzeado e Vespa-da-galha (do viveiro a pré-colheita), Cupim de cerne (depois dos cinco anos), entre outros”, destaca.

Em seguida, o Gerente de Inseticidas da FMC, Adriano Roland, declarou que as Soluções Combinadas da companhia têm como intuito estar próximo dos produtores, entender suas necessidades no campo e oferecer produtos e serviços adequados à necessidade de cada um. “O monitoramento é a chave para o sucesso do manejo e para proteger as ferramentas existentes. Além disso, otimiza a performance do produto; controla no momento correto, minimizando os danos e evitando surtos populacionais; e traz ganhos operacionais”, comenta.

O portfólio da companhia para o setor foi apresentado pelo Gestor de Contas & Desenvolvimento Florestal, Fábio Marques, que destacou que para obter resultados positivos na produção de madeira é preciso trabalho árduo, tecnologia e cuidados para garantir alta produtividade e qualidade. “O mais novo lançamento da FMC para o manejo do eucalipto é o inseticida acaricida Capture 400 EC. O registro do produto possibilita a alta eficiência para o controle eficaz do Percevejo bronzeado e da Vespa-da-galha. São aplicadas baixas doses por hectare, com alto rendimento operacional, propiciando agilidade na aplicação e economia para o produtor”, explica.

Além disso, o produto é pioneiro com registro para o Percevejo bronzeado do eucalipto no Brasil, possui rápido controle que minimiza as perdas em madeira, ação prolongada que diminui a reentrada na floresta e tem flexibilidade de aplicação, podendo ser usado no viveiro e no campo. O inseticida acaricida de terceira geração é composto por nova molécula, que atende a legislação e possui segurança no uso e conformidade com as auditorias.

O Gerente de Formulação e Desenvolvimento, Rodrigo Marques, pontuou que a formulação contribui para ter melhores resultados. “Temos plataformas de desenvolvimento que permitem que nossas formulações sejam exclusivas. Nos próximos dez anos, pretendemos lançar muitos produtos que trazem conveniência ao produtor”, garante. Para finalizar, o engenheiro agrônomo Rudolf Woch apresentou pontos importantes e dicas de tecnologia de aplicação de inseticidas em reflorestamentos, e o economista professor doutor Felipe Serigati mostrou o cenário macroeconômico do setor no país.

Linha Floresta

A Linha Floresta da FMC é composta por soluções utilizadas durante o manejo do eucalipto. Os produtos foram desenvolvidos para controlar as plantas invasoras e proteger a cultura. O herbicida Solara 500 é pré-emergente, pré-plantio de amplo espectro que promove excelente residual; o Savana é pré-emergente em pré-plantio para controle de folhas estreitas e folhas largas e para dessecação a opção é o Spotlight, aplicado em pós-emergência das invasoras de folhas largas. O inseticida Warrant 700 WG, para imersão de mudas, é indicado para controle de pragas sugadoras e o inseticida biológico Dipel controla lagartas, principalmente a Lagarta parda do eucalipto.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 14/10/2016 às 15:30hs
Fonte: Assessoria de Comunicação FMC
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: