Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Extrativistas recebem visita de técnicos da Conab em 16 estados

Os técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vão realizar, até o fim do ano, 16 visitas técnicas e 42 visitas de gestão e orientação a agricultores familiares, extrativistas e suas organizações de regiões onde a Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio) já está sendo ou pode ser implementada. A medida visa o fortalecimento e desenvolvimento sócio-econômico das populações tradicionais, a permanência do homem na floresta e a garantia de renda, assim como a conservação, preservação e uso sustentável dos recursos naturais.

As visitas são fruto de parceria entre a Conab e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que repassou, por meio de um Termo de Execução Descentralizada (TED), R$ 400 mil para ampliar a operacionalização da política junto a estes segmentos. A execução começou em setembro, já tendo sido realizadas 21 visitas.

Este mês, serão atendidos, na Região Norte, no estado do Amazonas, os extrativistas de açaí, borracha e castanha de Manicoré (dias 19 a 23) e Humaitá (26 a 30); No Pará, produtores de açaí, babaçu, castanha e andiroba em Marabá/São Geraldo do Araguaia/Tucumã/São Félix do Xingu (19 a 23); em Rondônia, os produtores de borracha de Costa Marques (19 a 23); no Amapá, os de açaí em Bailique/Macapá (26 a 30); e no Tocantins, os extrativistas de babaçu em Tocantinópolis, Xambioá, Axixá do Tocantins, São Miguel, Carrasco Bonito e Augustinópolis (26 a 30).

As visitas seguem no Nordeste nos estados do Maranhão, para coletadores de babaçu em Lago dos Rodrigues, Igarapé Grande, Bernardo do Mearim e Lago do Junco (19 a 24); no Ceará, os de babaçu e macaúba de Barbalha, Santana do Cariri e Crato (12 a16); na Paraíba, os de umbu e mangaba em Cariri/Sumé e Serra Branca (19 a 21); e na Bahia, os de umbu em Ituberá e Igrapiúna (14 a 16) e de piaçava na região do Baixo Sul do estado (19 a 23).

No Centro-Oeste, os extrativistas no Mato Grosso de borracha terão atendimento em Aripuanã (19 a 23); já em Goiás, os de baru, mangaba e pequi, das localidades de Diorama, Iporá, Aruanã, Goiás Velho e Pirenópolis (26 a 30).

O pinhão é o produto de maior presença na PGPM-Bio nas regiões Sudeste e Sul, com visita prevista para São Joaquim, em Santa Catarina (13 a 17). Já foram visitadas, no começo do mês, as localidades Marmelópolis, Sapucaí-mirim e Virgínia, em Minas Gerais.

Também este mês, os técnicos já orientaram extrativistas de andiroba do Pará em Mocajuba e Igarapé Mirim/Abaetetuba; extrativistas de borracha no Acre, em Feijó e Manuel Urbano; coletadores de babaçu do Maranhão em São Luís, Itaperu-mirim, Vargem Grande, Coroatá e Codó.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 19/10/2015 às 13:45hs
Fonte: CONAB
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: