Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Expocafé apresenta novas tecnologias

Os investimentos constantes em formas de ampliar a produtividade e a qualidade da produção de café são fatores que irão impulsionar os negócios ao longo da 21ª edição da Expocafé. A feira, que acontece nos dias 16, 17 e 18 de maio, no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), em Três Pontas, é considerada um dos principais eventos do setor, reunindo fornecedores de máquinas, equipamentos e insumos para a cafeicultura. Além disso, o espaço é utilizado para a capacitação do cafeicultor, que pode participar de palestras e cursos.

A Expocafé é promovida pela Epamig, Prefeitura de Três Pontas, Universidade Federal de Lavras (Ufla), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e pela Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel).

De acordo com a coordenadora da Expocafé, Ana Paula Pinheiro, a feira está em constante ampliação, o que é resultado do maior interesse dos cafeicultores pelas novidades desenvolvidas para o setor. A montagem do evento foi iniciada no dia 27 de abril.

Na edição atual, a área da feira foi ampliada em 16% somando 14 mil metros quadrados. Ao todo, o evento contará com 160 empresas, o que representa cerca de 30 a mais que no ano anterior. As empresas apresentarão aos visitantes desde maquinários pesados para lavouras até embalagens, passando por softwares e soluções de gestão para a cafeicultura. Do total, 15 expositores participam pela primeira vez do evento. Cerca de 20 mil pessoas devem visitar a feira.

“A Expocafé é uma oportunidade para o cafeicultor conhecer as tecnologias e novidades desenvolvidas para o setor. Além das máquinas e insumos, a exposição prioriza também o conhecimento. É o período em que os pesquisadores da Epamig e de outras instituições apresentam para os produtores as pesquisas desenvolvidas para o café. Todo o evento é importante para que os visitantes se atualizem e invistam em melhorias, o que pode resultar em melhor produtividade, eficiência e ganho na qualidade do café”, explicou Ana Paula.

Dentre os destaques da Expocafé estão as dinâmicas de máquinas e equipamentos. No espaço, empresas expositoras apresentam as máquinas e tecnologias voltadas para o café. A dinâmica acontece nos dias 16 e 17 de maio. Ana Paula destaca que durante as demonstrações, os produtores obtêm dicas técnicas de pesquisadores e extensionistas e conhecem na prática o funcionamento de equipamentos para a lavoura cafeeira.

Geoportal

Uma das novidades da edição atual será a apresentação do Geoportal do Café. No estande será apresentado o mapeamento da produção cafeeira em Minas Gerais e as principais características da cultura. Neste espaço, técnicos e pesquisadores da Epamig e da Empresa de Assistência Técnica do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) estarão de plantão para atender os cafeicultores.

Capacitação

Antecedendo a abertura da Expocafé, no dia 15 de maio, acontecerá o 9º Simpósio de Mecanização da Lavoura Cafeeira, evento técnico destinado a participantes previamente inscritos. Este ano, o tema será o “Manejo mecanizado e colheita seletiva visando à qualidade do café”.

“Os eventos que compõem a Expocafé são importantes para o setor, principalmente pela oportunidade de abranger os pequenos produtores. No dia 17 de maio, por exemplo, vamos receber 50 caravanas formadas por pequenos cafeicultores do Estado. Estamos preparados para receber este público, promover a capacitação e a troca de conhecimento”, disse Ana Paula.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 10/05/2018 às 09:00hs
Fonte: Diário do Comércio
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: