Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Expansão do turismo rural em Treviso

O casal Éder Luiz Broll e Ana Marcello trocou a vida movimentada da cidade para investir na tranquilidade do meio rural. Filhos de produtores rurais são naturais do Paraná, residiram por um tempo no Mato Grosso, mas escolheram Santa Catarina para iniciar os sonhos profissionais. Por 12 anos moraram em Criciúma, no sul do Estado. Éder possuía uma construtora enquanto Ana dedicava-se a função de bancária. Mas os planos começaram a mudar e há pouco mais de um ano a família foi em busca de melhoria na qualidade de vida. Após muitas pesquisas encontraram o que queriam: o Rancho São Bento.

A propriedade rural, localizada em Treviso, a cerca de 30 quilômetros de Criciúma, tem 25 hectares e está a 368 metros do nível do mar. Planejada para o turismo rural, conta com atividades de ovinocultura, piscicultura, apicultura e meliponicultura. “Desde o início investimos nas licenças para desenvolver o turismo rural que é o nosso foco. Tudo aconteceu muito rápido e aos poucos o número de visitantes foi aumentando. Trabalhamos com agendamentos de grupos fechados de até 20 pessoas e oferecemos diversas atividades. Contamos também com a trilha ecológica que oferece experiências incríveis”, relata o empresário rural.

Com o crescimento dos negócios, Éder resolveu investir em qualificação. Iniciou no mês de março o Programa Empreendedor Rural (PER), promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC). “Tem sido uma oportunidade única. A cada módulo consigo ampliar mais meus horizontes com relação à minha empresa rural. O trabalho de orientação que o SENAR/SC desenvolve tem sido fundamental para o planejamento e estruturação da propriedade”, afirma Éder.

O produtor rural integra a turma do PER de Treviso. O objetivo, segundo a coordenadora estadual do programa, Nayana Setubal Bittencourt, é desenvolver competências empreendedoras e preparar líderes para ações sociais, políticas e econômicas sustentáveis contribuindo para o aumento da renda líquida dos produtores, além de elevar a qualidade de vida da população no meio rural.

Segundo Broll, a intenção é ampliar o turismo rural na propriedade e investir no serviço de pousada no próximo ano. Para isso conta com o apoio do PER e demais cursos oferecidos pelo SENAR/SC. “Já participei de outros treinamentos e não pretendemos parar. Na próxima turma do PER minha esposa também pretende participar. Queremos crescer com a nossa família e, para isso, sabemos que o conhecimento é fundamental”, observa ao citar que o filho, Éder Luiz Broll Filho, de 6 anos, também demonstra o mesmo amor pelo campo que os pais.

Nayana visitou a propriedade da família Broll e ficou surpresa com o rápido crescimento do empreendimento. “É nítido o comprometimento da família em expandir o negócio rural. Eles estão investindo principalmente em capacitação, o que é primordial para o sucesso. Ver que o PER tem contribuído nesse processo é gratificante para o SENAR/SC”, afirma.

DESENVOLVIMENTO DO AGRO

O PER valoriza o empreendedorismo, o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à criação de um projeto de melhoramento, ampliação ou implantação de uma nova atividade rural. Desenvolvido em 136 horas, mescla conteúdos técnicos de gestão e elaboração de projetos com conteúdos importantes de desenvolvimento humano, sucessão familiar, aspectos jurídicos relacionados à propriedade, entre outros.

O superintendente do SENAR/SC, Gilmar Antônio Zanluchi salienta que os participantes do PER desenvolvem projetos que têm como foco implantar uma nova atividade ou ampliar as já existentes. “É um incentivo para o crescimento das diferentes cadeias produtivas do agronegócio. Com esses projetos muitos produtores conseguem ampliar consideravelmente a rentabilidade e sustentabilidade dos negócios. As propriedades são verdadeiras empresas rurais e devem ser tratadas como tal, visando com responsabilidade e gestão o crescimento da atividade e a qualidade de vida”.

Santa Catarina é um Estado que apresenta necessidade de reconversão das propriedades rurais para novos processos produtivos. Por este motivo, é necessário formar novos líderes com visão empresarial, capazes de promover a revalorização da atividade rural. “A formação profissional ofertada pelo PER capacita os empreendedores com alto nível, preparando-os de maneira inovadora”, finaliza o presidente do Sistema FAESC/SENAR-SC, José Zeferino Pedrozo.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 05/06/2018 às 08:40hs
Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: