Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Em MT, 187 roubos em propriedades rurais foram registrados até novembro

Até novembro deste ano, 187 roubos foram registrados em propriedades rurais de Mato Grosso. O número de casos neste ano já é maior que os roubos registrados no mesmo período do ano passado. Em 2015, 162 casos foram registrados. Os principais alvos dos bandidos são os defensivos agrícolas e as cabeças de gado. Para pedir melhor segurança nas fazendas, os proprietários firmaram uma parceria com o governo.

Na região de Nova Mutum, a 269 km de Cuiabá, uma das maiores produtoras de grão do estado, a violência tem se tornado frequente. Os defensivos agrícolas, armazenados nas fazendas, são os principal alvos.

"Além de perder o produto, a perda financeira, você corre o risco de não conseguir o produto no mercado outra vez", afirmou o coordenador da Aprosoja em Nova Mutum, César Martins.

A parceria dos produtores com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) vai aumentar a troca de informações e implantar tecnologias para tornar o crime mais difícil. Entre as medidas a serem tomadas está a instalação de câmeras nas principais vias que dão acesso às fazendas.

Além disso, os defensivos agrícolas, um dos principais alvos, devem ser monitorados. O aumento de roubos em fazendas preocupa os donos de fazendas, já que a safra de soja, momento em que o defensivo é mais usado.

"Os produtores têm esse material armazenado nas fazendas e isso, normalmente, é um chamariz para os bandidos", afirmou o presidente da Aprosoja, Endrigo Dalcin.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 14/12/2016 às 07:40hs
Fonte: G1 MT
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: