Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Custo de produção tem nova alta e produtor de leite vê margem se estreitar

Os custos da atividade estão em alta desde agosto deste ano.

O aumento nos preços dos combustíveis/lubrificantes, dos alimentos energéticos e dos fertilizantes promoveu o aumento do custo em novembro.

No caso do milho, apesar do mercado mais parado e ligeiras quedas ns preços na segunda quinzena de novembro, na média do mês as cotações subiram, na comparação mensal.

Cabe destacar que apesar da alta nos últimos meses, os custos de produção da atividade leiteira estão 9,4% abaixo na comparação com igual período do ano passado.

Para o produtor de leite, com o aumento nos custos de produção e as seguidas desvalorizações no preço do leite pago ao produtor as margens da atividade estão se estreitando.

Desde julho, a margem caiu 53,7% para o produtor, atingindo os níveis mais baixos desde fevereiro de 2017.

Figura 1.: Preço do leite ao produtor versus custos de produção da pecuária leiteira, base 100= janeiro de 2016.

Fonte: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

Em curto prazo, os alimentos concentrados deverão continuar exercendo pressão de alta sobre os custos de produção, porém, o fim do período de entressafra deve aliviar a necessidade de suplementação.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 07/12/2017 às 19:20hs
Fonte: Scot Consultoria
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: