Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Cooperativas do PR traçam plano para faturar R$ 100 bilhões

Uma série de encontros neste sentido ocorre em todo o estado com apresentação de metas e discussões sobre as possibilidades do setor. Após mobilização da cadeia produtiva, será definido um prazo para a alavancagem.

Com os preços de commodities como soja e milho em queda no mercado internacional, não será fácil atingir os R$ 100 bilhões. O incremento deve vir fortemente da agroindustrialização, conforme o gerente técnico da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), Flávio Turra.

Regiões como a de Palotina (Oeste), Francisco Beltrão (Sudoeste) e Maringá (Centro-Oeste) e Curitiba estão entre as primeiras mobilizadas na atual rodada de Encontros de Núcleos Cooperativos 2015 para discussão do PRC 100.

O presidente do Sistema Ocepar, João Paulo Koslovski, avalia que “as reuniões evidenciaram o interesse e forte participação dos presidentes das cooperativas na discussão e direcionamento relacionados ao planejamento estratégico”. O PRC 100 vem sendo debatido desde o segundo semestre de 2014 e foi validado pelos presidentes das cooperativas para execução, afirma.

Cooperativas de todos os ramos definem suas estratégias. Os próprios presidentes devem passar por programa de profissionalização. Os eventos já tiveram participação de mais de 350 líderes do setor. Será necessário “comprometimento” para que os R$ 100 bilhões sejam atingidos, afirma Koslovski.

O Paraná é referência nacional em cooperativismo, com 230 empresas no setor, perto de 80 no ramo agropecuário. As cooperativas empregam 72,5 mil pessoas e envolvem perto de 1 milhão de habitantes, conforme a Ocepar. Os investimentos do último ano chegaram perto de R$ 3 bilhões, mais da metade em agroindústrias.

 

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 28/05/2015 às 19:40hs
Fonte: Gazeta do Povo
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: