Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Congresso brasileiro de apicultura deve impulsionar a produção de mel em Joinville

Evento deve servir de impulso à produção do mel em Joinville e região que, atualmente, conta com 178 apicultores cadastrados pela EPAGRI, que somam 6.159 colmeias e produção anual de aproximadamente 126 toneladas de mel, além do número cada vez maior de produtores de mel no perímetro urbano.

A cidade de Joinville, SC, sediou na última semana o maior congresso de apicultura e meliponicultura do Brasil. O evento aconteceu de 16 a 19 de maio no Centro de Convenções e Exposições EXPOVILLE e reuniu cerca de 2.500 participantes de Santa Catarina e de outros estados brasileiros, além de outros países como Chile, Colômbia, Argentina, Uruguai, México e Grécia.

Durante quatro dias, o congresso voltado ao tema “Polinização, tecnologias, oportunidades e desafios para o criador de abelhas no Brasil” teve 90 especialistas, participando de 70 eventos entre palestras, mesas redondas e oficinas com aulas práticas e teóricas. Expofeira com venda de produtos e equipamentos apícolas com geração de aproximadamente R$ 3 milhões em negócios, além do lançamento oficial do Dia Mundial das Abelhas, comemorado pela primeira vez no dia 20 de maio, foram mais atrações que deverão ter um reflexo ao fortalecimento da atividade de apicultura na região.

“Podemos afirmar que há grande potencial para a produção de mel na região de Joinville porque cerca de 60% do território do município está com cobertura de Mata Atlântica. Atualmente, no que se refere ao litoral norte de Santa Catarina, há 178 produtores de mel cadastrados pela EPAGRI, sendo que a concentração maior de apicultores está nas cidades de Joinville e Jaraguá do Sul. Para se ter uma ideia, somente na maior cidade de Santa Catarina, a Associação dos Apicultores de Joinville (Apiville) tem quase 60 produtores comerciais cadastrados, além dos moradores do município que são sócios da Associação de Apicultores de Campo Alegre (Apicampo), distante a 63 km de Joinville”, afirma o gerente regional Hector Silvio Haverroth da EPAGRI - Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina.

“No entanto, há muitos produtores que não são atendidos por nós porque estão no perímetro urbano, onde é possível optar pela criação de abelhas sem ferrão, também conhecida como a melipolicultura e que foi um dos temas do congresso. Muitos apicultores produzem o mel em colmeias alojadas em terreno arrendado ou até mesmo trabalham na multiplicação de enxames. Algo que tem um alto valor agregado e que tem crescido na região. Por tudo isso, acreditamos que a passagem do evento pela cidade irá sensibilizar mais pessoas a produzirem o mel ou ainda estimular aqueles que são produtores a ampliarem a sua produção de mel ou de apiários. Além disso, para os nossos técnicos da gerência regional de Joinville da EPAGRI, que é responsável por 13 municípios, é uma oportunidade para a capacitação e reciclagem técnica”, conclui o gerente regional.

Edição de Joinville é considerada o maior evento de apicultura já realizado no país

A união dos produtores de mel na região e a infraestrutura da cidade de Joinville para receber congressos nacionais como é o caso do maior Centro de Convenções e Exposições do Sul do país contribuíram para a realização do evento que foi considerado pela organização o maior da área já realizado no Brasil.

“Por meio da união de produtores e da apresentação de novas tecnologias e técnicas de manejo, o congresso cumpriu com o seu papel de fortalecer a atividade de apicultura na região, no estado de Santa Catarina e no Brasil. Atingimos a meta tanto em termos de público como em geração de novos negócios durante a feira, algo estimado em torno de R$ 3 milhões, em função da credibilidade do estado de Santa Catarina, referência em qualidade do mel no país e no exterior e das características do maior centro de convenções e exposições do Sul do Brasil, a EXPOVILLE. O local muito bem localizado tem excelentes instalações e com fácil acesso aos participantes, além de oferecer flexibilidade de negociação e total apoio logístico a organização do evento”, diz o presidente da Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (FAASC) e do 22º CONBRAPI Nésio Fernandes de Medeiros.

“Também devemos mencionar o apoio do próprio Joinville e Região Convention&Visitors Bureau que captou o evento e ofereceu todo o suporte ao desenvolvimento do congresso. Posso afirmar que nunca vi uma feira de mel tão grande e tão movimentada quanto a de Joinville. O local contou com exposição de produtos, colmeias, insumos, equipamentos e tecnologias apícolas e, inclusive, com venda de mel para o público em geral. Por tudo isso, com certeza este foi o maior evento de apicultura já realizado no Brasil”, conclui o presidente da FAASC.

O congresso é uma realização da Confederação Brasileira de Apicultura (CBA), a Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina (FAASC) e a EPAGRI – Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina.

Mais informações: https://www.expoville.com.br

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 01/06/2018 às 07:40hs
Fonte: Rotas Comunicação
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: