Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Comitiva sergipana participou do Agroleite 2017

Premiação com aprimoramento profissional e aquisição de novos conhecimentos. Os técnicos do Programa Sertão Empreendedor do Serviço Nacioanl de Aprendizagem Rural (SENAR/SE) participaram, na última semana, do Agroleite 2017, um dos maiores eventos agropecuários do país, realizado em Castro, no Paraná.

A ação foi elaborada com foco no reconhecimento aos bons serviços prestados pelos técnicos de Campo do programa Sertão Empreendedor. Inédita no Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, a premiação por meritocracia levou ao Agroleite 2017, 3 dos técnicos em atividade na Regional Sergipe. A eles, a premiação foi concedida por conta do atendimento às normas técnicas de execução do programa. "Buscamos excelência nos trabalhos realizados junto aos produtores sergipanos assistidos pelo programa. Através de software próprio, fizemos uma avaliação de desempenho dos técnicos que nos possibilitou realizar uma premiação com foco na meritocracia, tal qual instrução do Senar", explica Camila Xavier, supervisora técnica do Programa Sertão Empreendedor. Para os agraciados com o prêmio, a gratidão pela iniciativa. "Melhor prêmio, não poderia ter recebido. A Feira é maravilhosa", declara Ismar Lima de Farias, Técnico do Sertão Empreendedor em Nossa Senhora da Glória (SE).

O Agroleite 2017 contou com uma extensa e variada programação, com stands comerciais, palestras, premiações e exposição de animais e de novas tecnologias nas mais diversas áreas que compõem a cadeia produtiva do leite. Para Geraldo Tenório, Técnico do Senar/SE que participa da comitiva, a oportunidade de acesso à informações novas é ímpar. "O Agroleite 2017 é um evento da mais alta importância, onde podemos conhecer tecnologias que podem ser adaptadas para uso no Sertão sergipano", explica.

A entusiasmada participação da comitiva dá sinais de que o Agronegócio sergipano será diretamente beneficiado por esta iniciativa. "A vivência durante a Feira foi muito boa. A gente pôde conversar aqui com pessoas de outras regiões e selecionar informações para levar para Sergipe, como tecnologia de sementes e novidades na área de nutrição animal e genética", pondera Annelise Aragão, Técnica que atua em Tobias Barreto e se diz orgulhosa por fazer parte do SENAR/SE. "Para nós, que pensamos o Senar/SE não apenas como uma instituição de apoio ao Agronegócio sergipano mas, especialmente, como um impulsionador do material humano que faz a cadeia, este é um exemplo de ação completa: enquanto parabenizou profissionais que exercem suas funções com dedicação, proporcionou capacitação ao corpo técnico que leva conhecimento e presta assistência ao produtor", declara o Presidente do Sistema FAESE/SENAR, Ivan Sobral.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 30/08/2017 às 13:40hs
Fonte: Senar - Assessoria de Comunicação do Sistema FAESE/SENAR
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: