Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Cdial Halal fomenta a exportação da carne brasileira halal para o mercado árabe e para o mundo com certificação halal durante a Gulfood

Cerca de 25% da população mundial compra carnes abatidas no método halal. A participação do Oriente Médio nas vendas brasileiras é grande. “É um mercado gigantesco. Nosso objetivo é certificar cada vez mais os frigoríficos brasileiros – bovinos e frangos –, para que possam estar aptos a atender o mercado árabe – muçulmanos e não muçulmanos. Nossa participação aqui está sendo muito importante, principalmente, para nortear os potenciais mercados. O ESMA - Emirates Authority for Standardization & Meteorology (ESMA) – tem sido um grande parceiro nosso, gerando oportunidades de investimento lucrativas para empresas internacionais de alimentos & bebidas”, ressalta o diretor-presidente da Cdial Halal, Ali Saifi.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC), em 2017, as exportações brasileiras para os países árabes somaram pouco mais de 405 mil toneladas, um incremento de 6,58% em relação a 2016. Já em faturamento, as vendas cresceram 16,13% e fecharam em torno de US$ 1,6 bilhão. Os resultados representam 25% do faturamento total das exportações brasileiras de carne bovina e 26% do total embarcado no ano passado.

O Brasil é considerado o maior produtor e exportador mundial de carne bovina segundo maior de frangos e líder nas vendas de carne Halal, especialmente comercializada para muçulmanos.

Os Emirados Árabes Unidos importam US$ 20 bilhões de produtos de consumo Halal, segundo a consultoria Farrely & Mitchell (em recente pesquisa), especializada em alimentos e agroindústria. Espera-se que a economia Halal mundial atinja a marca de US $ 6,4 trilhões neste ano. Globalmente, as despesas muçulmanas em alimentos e bebidas devem alcançar as cifras de US $ 1,58 trilhão em 2020. São 60 países muçulmanos no mundo. Atualmente, há em torno de 1,8 bilhão de islâmicos, ou seja, praticamente ¼ da população.

De acordo com a Research and Markets, o mercado mundial de alimentos deve gerar receita de US$ 3,03 trilhões até 2020. Com o aumento do investimento regional na produção de alimentos, os fabricantes internacionais veem o Oriente Médio como um lucrativo mercado para seus produtos.

Cdial Halal – é uma referência global em Certificação Halal e mantém parcerias estratégicas com empresas de alimentos de classe mundial. Cresceu focada no seu negócio com atividades relacionadas ao abate de frangos, perus, patos e bovinos, incluindo também produtos industrializados. Saiba mais www.cdialhalal.com.br

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 26/02/2018 às 13:40hs
Fonte: LN Comunicação
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: