Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Carne de frango: principais importadores no 1º bimestre

Ou seja: mesmo somando-se os embarques destinados à China e a Hong Kong – ambos com crescimento anual girando em torno de 30% - não se chega ao volume importado pelos sauditas, responsáveis por mais de 18% dos embarques totais e da receita cambial do período.

Porém, o que mais chama a atenção nos resultados do bimestre inicial de 2017 é a queda, significativa, no número de países que reduziram suas importações. No ano passado, no mesmo bimestre, 50% dos dez maiores importadores reduziram o volume adquirido. Neste ano, foram apenas dois. E, mesmo assim, apenas um deles, a Holanda, registra queda concomitante na receita cambial.

Ao final, os 10 principais importadores (nove deles já participando do ranking do 1º bimestre de 2016) aumentaram suas compras em 9,5%, gerando uma receita cambial quase 28% maior – resultado obtido graças à recuperação nos preços médios.

De toda forma, em valores relativos, o desempenho dos “10 mais” ficou aquém dos 103 demais importadores. Pois eles aumentaram suas compras em 7,1% (2,4 pontos percentuais a menos que os 10 primeiros), mas geraram receita quase 31% maior (2,8 pontos percentuais a mais). Pena, somente, que tenham correspondido a não mais que 30% do volume total exportado e da receita total auferida.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 20/03/2017 às 17:40hs
Fonte: AviSite
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: