Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Canadá taxa produtos agrícolas importados dos EUA

A lista canadense contém aproximadamente 23 produtos importados dos EUA

O Canadá anunciou na semana passada que irá taxar os produtos agrícolas importados dos Estados Unidos. A decisão surgiu como resposta à última definição do presidente americano, Donald Trump, de manter as tarifas sobre o aço e o alumínio, dos quais o Canadá é o principal fornecedor.

De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a lista canadense contém aproximadamente 23 produtos e subprodutos específicos importados dos EUA, que a partir do dia primeiro de julho terão uma tarifa de 10%. O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, garantiu que o país irá impor taxações para cobrir US$ 12,8 bilhões de importações americanas, se aproximando do valor das suas exportações afetadas pela decisão de Trump no ano passado. "A administração norte-americana tomou hoje uma decisão que nós deploramos e, obviamente vai levar medidas de retaliação, como deve", afirma.

Dentre os principais produtos taxados, o USDA cita US $ 191,5 milhões em molhos, US $ 100,7 milhões em condimentos e temperos, US $ 74,4 milhões em saladas e US $ 34,4 milhões em maionese, além de outros como café, chocolate, iogurtes e carnes preparadas. O presidente dos EUA repudiou a atitude dos vizinhos e disse que será muito difícil manter laços comerciais com o Canadá e com a China. "A China já cobra uma taxa de 16% sobre a soja. O Canadá tem todos os tipos de barreiras comerciais sobre nossos produtos agrícolas. Não é aceitável!", comentou Trump no Twitter.

A decisão foi acompanhada também pelo México que anunciou essa semana que responderá à imposição norte-americana com “medidas equivalentes a diversos produtos”.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 08/06/2018 às 10:00hs
Fonte: Agrolink
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: