Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Café: Bolsa de Nova York inica pregão desta 6ª feira em alta com ajustes após baixas recentes

As cotações futuras do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com alta próxima de 100 pontos nesta manhã de sexta-feira (8) e estendem os ganhos da véspera, feriado da Indepência no Brasil. O mercado segue se ajustante ante as recentes baixas motivadas pelo otimismo dos operadores com a safra 2018/19 do Brasil.

Por volta das 09h30 (horário de Brasília), o contrato setembro/17 estava cotado a 127,90 cents/lb com alta de 130 pontos - fechamento da sessão anterior, o dezembro/17 subia 75 pontos, a 129,90 cents/lb. O contrato março/18 operava também com avanço de 75 pontos e estava sendo negociado a 133,40 cents/lb e o maio/18 avançava 80 pontos, cotado a 135,75 cents/lb.

De acordo com a analista Judy Ganes, presidente da J. Ganes Consulting, os envolvidos no mercado do mercado aguardam mais informações sobre a produção de café na próxima safra após o período de floração, que começou recentemente no país. As informações são da Reuters. Porém, as condições das lavouras já preocupam os produtores brasileiros, conforme reportado pelo Notícias Agrícolas durante a semana.

No Brasil, por volta das 09h30, o tipo 6 duro era negociado a R$ 450,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis a R$ 435,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam sendo cotados a R$ 434,00 a saca. Poucos negócios são vistos nas praças de comercialização do país. A maioria das cooperativas não funcionam nesta sexta por conta do feriado da Independência da República, comemorado ontem noi país.

Veja como fechou o mercado na terça-feira:

Futuros do café na ICE Futures fecham os contratos de 2017 acima de 125 pontos

O feriado no Brasil determinou o andamento lento, de poucos negócios, na Bolsa de Nova York (ICE Futures) nesta quinta (7). Vendas escassas de origem e sem notícias novas sobre a safra brasileira 18/19 não estimularam os investidores.

O contrato de dezembro, principal referência, abriu estável e pela sexta vez seguida, depois de 10 pregões, alcançou o suporte de 127,00 cents/lp, e terminou cotado a 129,15 cents/lp, encerrando com 125 pontos de alta.

O futuro deste mês de setembro acabou fixado em 127,90 cents/lp, subindo 130 pontos.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 08/09/2017 às 10:10hs
Fonte: Notícias Agrícolas
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: