Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Argentina e Estados Unidos tentam entrar em acordo sobre biodiesel

Depois de uma denúncia apresentada pelo Conselho Nacional do Biodiesel (NBB, na sigla em inglês) dos Estados Unidos alegando "práticas desleais" e dumping por parte do biodiesel da Argentina, o Departamento de Comércio norte-americano colocou taxas provisórias médias de 57% sobre o produto argentino, o que também o retirou deste mercado. No ano passado, a Argentina exportou 1,5 milhões de toneladas de biodiesel, 90%de suas vendas, cobrindo quase 20% da necessidade dos Estados Unidos.

Foi solicitada uma proposta de acordo à Argentina, que foi formulada com base em volumes e preços para o biodiesel, colocando um limite de 1,5 milhões de toneladas, o mesmo valor exportado em 2016. Desta maneira, o país não aumentaria suas exportações de forma a manter sua participação no mercado norte-americano.

A Argentina também fez uma oferta por preços, embora não tenham sido divulgados mais detalhes. No ano passado, o valor da tonelada foi de, em média, US$800.

Algumas fontes consultadas pelo La Nación apontam que a resposta a essa oferta argentina poderia ser recebida nesta semana.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 26/09/2017 às 18:40hs
Fonte: La Nación
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: