Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Aquacultura marca presença na 57ª Exposição Estadual Agropecuária

Uma das atrações da 57ª Exposição Estadual Agropecuária é a mostra e concursos de peixes ornamentais. Sucesso de público no ano passado, quando participou pela primeira vez do evento, o segmento da aquacultura traz, novamente, o universo colorido dos peixes, os aquários e equipamentos específicos, os detalhes, curiosidades e os cuidados com o tratamento das espécies.

Segundo a diretora de Aquacultura da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Ana Carolina Castro Euler, o objetivo é promover a cadeia de valor da aquacultura e apresentar à sociedade mineira o potencial desse setor em Minas. “É uma forma também de se fomentar negócios numa área que é predominantemente formada por agricultores familiares”, explica.

Cursos

Durante a exposição, que estará aberta ao público a partir de 1º de junho, quem quiser conhecer um pouco mais sobre o manejo da atividade poderá se inscrever nos dois cursos práticos que serão disponibilizados: “reprodução de Bettas” e “aquarismo para iniciantes”. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas, antecipadamente, pelo link: https://goo.gl/hk8IBi

Peixes Ornamentais

Será realizada uma exposição com aproximadamente 80 espécies de peixes ornamentais e de corte, além do Concurso Nacional de Guppys e Bettas de linhagem. Os visitantes poderão conhecer os aquários jumbos, que são específicos para peixes maiores, além de conferir a versatilidade da piscicultura, numa mostra que será montada com peças de vestuário e acessórios confeccionados com o couro de Tilápia.

Fazenda Urbana

Uma novidade deste ano é a montagem do espaço fazenda urbana, um conceito que consiste integrar espaços que antes não tinham utilidade para a produção de alimentos. Os visitantes poderão ver a produção integrada de peixes com hortaliças, num espaço que será montado em dois andares de um container.

Piscicultura no Estado

Minas Gerais ocupa o 10º lugar no ranking nacional da produção de peixe para corte. Em relação à piscicultura ornamental, o estado ocupa o primeiro lugar, com destaque para a região da Zona da Mata. Segundo o IBGE, a produção do setor teve um crescimento de 37,97% nos últimos anos. Destaque para as regiões Sudoeste, com produção de 5,2 mil toneladas e Central, com 6, 3 mil toneladas. O Triângulo Mineiro e o Alto Paranaíba produzem atualmente 3 mil toneladas.

Parque Reformado

Criado em junho de 1938, o Parque de Exposições Bolívar de Andrade, nome oficial do Parque da Gameleira, atravessou mais de duas décadas sem passar por nenhuma intervenção e manutenção física. Com recursos da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), na ordem de R$ 4,36 milhões, as obras se iniciaram em março, com finalização programada para receber a exposição estadual.

As obras de reforma e revitalização executadas foram a pintura geral de 16 pavilhões para bovinos, com capacidade para abrigar 800 animais; pintura de 16 baias para o alojamento de equídeos (cavalos), com capacidade para receber cerca de 400 animais; pintura do pavilhão com capacidade para o alojamento de cerca de 150 caprinos e ovinos; reconstrução de 80 currais; instalação de duas balanças para pesagem de animais em eventos agropecuários; construção de banheiros com acessibilidade para portadores de necessidades especiais; impermeabilização das lajes da arquibancada em frente à pista de julgamentos e o isolamento acústico do Pavilhão Redondo (local com capacidade para receber 600 pessoas e onde são realizados os leilões), melhorando as condições para a realização de eventos no local.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 18/05/2017 às 13:15hs
Fonte: SEAPA MG - Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: