Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Adaptação de variedade de cana do CTC em ambientes restritivos garante melhor colheita ao Grupo Coruripe

O Grupo Coruripe, empresa com mais de 90 anos de mercado e referência em produtividade canavieira, comemora os resultados da safra 2017/2018. Responsável por aproximadamente 20% da moagem da cana-de-açúcar em Minas Gerais e Alagoas, o Grupo está presente nas cidades mineiras Carneirinho, Campo Florido, Iturama e Limeira do Oeste, e na alagoana Coruripe, com unidades localizadas majoritariamente em ambientes restritivos, que, por isso, enfrentam dificuldades para obtenção de materiais adaptados que resultem em boa produtividade.

Ciente da necessidade de adotar materiais mais robustos e específicos para essas regiões, a companhia decidiu aderir às novas tecnologias disponíveis no mercado para alcançar maior rendimento das lavouras. “Mais de 80% de nossas unidades estão localizadas em áreas com ambientes restritivos, tínhamos dificuldade de encontrar variedades precoces adequadas a esse plantio e foi exatamente a CTC 9001 que se adaptou bem às condições”, conta Mario Sergio Silva, gerente de Planejamento do Grupo Coruripe. O executivo diz ainda que buscava melhorar a colheitabilidade e precisava de uma variedade que oferecesse alto teor de açúcar já no início de safra, porte ereto, adaptação a ambientes restritivos e mudas sadias, com minimizados riscos de perda.

Com essas características, a CTC 9001 passou a ser a variedade mais plantada na safra 2017/2018 pelo Grupo, correspondendo a 30% da produção no período. Outro diferencial dessa cana é o seu desempenho, justamente pela adaptação a ambientes hostis. “A chegada da 9001 veio suprir uma demanda no segmento e é notória a sua contribuição em ganho de TAH para o Grupo Coruripe no início da safra”, complementa Mario Sergio Silva.

A CTC 9001 foi desenvolvida pelo Centro de Tecnologia Canavieira, que oferece variedades de alta performance, além de atendimento especializado para ajudar o produtor rural a ampliar a produtividade, a saúde e a longevidade do canavial, o que resulta em aumento de receitas e redução de custos.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 11/05/2018 às 08:40hs
Fonte: CTC - Centro de Tecnologia Canavieira
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: