Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Açúcar: preços fecham em alta em Nova York e Londres

Uma nota divulgada pelo jornal Valor Econômico na manhã de hoje (17), afirma que a valorização dos preços é reflexo do ajuste de posições dos fundos em meio à alta do petróleo e às perspectivas de queda para a produção no Brasil, maior exportador global.

"Segundo o Commerzbank, as expectativas são de que a relação entre o preço do etanol e da gasolina no Brasil bata os 62% no final deste mês, tornando a produção do biocombustível mais atrativa para as usinas brasileiras", informou ainda a nota do jornal.

Os contratos futuros para julho/18, da bolsa norte-americana tiveram alta de nove pontos e preços firmados em 11.61 centavos de dólar por libra-peso. Na tela outubro/18, a valorização foi de quatro pontos, com negócios fechados em 11.89 centavos de dólar por libra-peso. Os demais contratos subiram entre um e seis pontos.

Em Londres, os preços também fecharam valorizados em todos os lotes. No vencimento agosto/18, a commodity foi comercializada a US$ 322,50 a tonelada, alta de 10 cents de dólar. Os contratos para outubro/18 fecharam em US$ 320,50 a tonelada, registrando um aumento de 1,10 dólar. Os demais preços subiram entre 10 cents e 1,40 dólar.

Mercado interno

Segundo o indicador do Cepea/Esalq, da USP, os preços do açúcar voltaram a cair no mercado paulista. Ontem, a saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 53,07, queda de 0,15% no comparativo entre os dias.

Etanol

O etanol hidratado, medido pela Esalq/BM&F, foi comercializado a R$ 1.694,50 o metro cúbico, valorização de 0,62% em comparação aos preços praticados na véspera.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 17/05/2018 às 10:30hs
Fonte: Agência UDOP de Notícias
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: